2 de janeiro de 2018

Maionese caseira

Final de semana não pode faltar maionese!
A nossa família faz essa sem firulas, mas de vez em quando gosto de incrementar com tempero verde, cenoura cozida... A partir da base você pode criar!
 

Mas uma maionese simples BEM temperada não precisa de mais nada pra fazer sucesso! Sobre as quantidades, a não ser que você vá fazer maionese pra cinquenta pessoas, essa medida de ovos é suficiente, você aumenta o creme no óleo.

Ingredientes:
2 ovos cozidos
1 gema crua
Quanto baste de óleo de girassol ou milho (de soja deixa um gosto mais forte, azeite nem se fala)
Batata (geralmente é 1 batata por pessoa, mas sempre acabo fazendo mais porque meu povo coome)
2 colheres de sopa de vinagre (álcool ou vinho) a quantidade depende do tanto de creme, eu sempre coloco de olho. Não exagerando é a conta!
1 colher de sopa rasa de mostarda
Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer:

É bom começar cedo pra dar tempo de esfriar a batata, as gemas, e você preparar o creme tranquila.
Você pode cozinhar a batata já picada e com sal na água, esfria mais rápido mas a chance de passar é maior. Então fica de olho pra não cozinhar demais!
Se fizer as batatas inteiras, pique, espalhe na travessa, coloque sal e mexa para temperar.

Creme:

Pegue as duas gemas cozidas, esmague e misture com a crua.
Coloque o óleo aos poucos (em torno de duas colheres de sopa mas não vai medir toda vez senão a maionese fica pronta só no Natal, é pra ter uma noção), mexendo e incorporando esse óleo às gemas. Quando estiver homogêneo, você coloca mais óleo e mexe. Chega uma altura do campeonato que o creme começa a ficar durinho daí eu coloco o vinagre e a mostarda e vou percebendo se a quantidade está ok. Se achar pouco, continuo o processo de mexer e colocar óleo.

Eu gosto da maionese BEM cremosa então faço bastante creme. E no final coloco água também. Não tem uma quantia exata é um pouco pra ela ficar mais fluída!
Pico as claras, tempero o creme (quantidade a gosto, qualquer coisa acerta depois) e misturo bem.
Deixo ela na geladeira até a hora do almoço!

Outras dicas de tempero:
1 dente de alho bem esmagado (retire o miolinho que não fica gosto forte)
Cebola roxa picadinha
Salsinha

Filé ao Molho Mostarda

Essa receita é DIVINA!
Perfeita para receber com estilo :)


Ingredientes:
  • 1 peça de filé mignon cortada em medalhões de +/- dois dedos de espessura
  • 1 dente de alho bem picadinho ...
  • Manteiga e azeite de oliva
  • Sal e pimenta do reino
  • 1/3 de xícara de conhaque
  • 1 colher de sopa cheia de mostarda dijon (pode ser a comum)
  • 1 caixinha de creme de leite
Modo de fazer:
Tempere a carne apenas com o alho e reserve por uns trinta minutos. Em uma frigideira ou panela, adicione manteiga e azeite de oliva (o quanto baste para selar) e coloque os medalhões lado a lado. Fogo alto pra não deixar criar líquido. Quando estiverem dourados de um lado, vire e tempere com sal e pimenta do reino. Uso o saleiro para espalhar o sal mais facilmente.
Medalhões dourados, retire da frigideira e adicione o conhaque para deglacear. Aquela "sujeirinha" que fica no fundo da frigideira está cheia de sabor!
Eu deixo flambar (deito a frigideira em direção ao fogo) mas se você não se sentir segura pra isso, não precisa. Se começar a dourar demais, abaixe o fogo e pode colocar um pouco de água.
Depois, adicione a mostarda e o creme de leite. Misture bem, jogue o molho por cima dos filés e CHORA no sabor! Se quiser mais molho, pode colocar mais mostarda e creme de leite. Fica muito, mas muuuito bom!! Aqui em casa essa receita é sempre um sucesso!

Quais alimentos oferecer para crianças/adultos com diarreia

Oi gente!
Resolvi escrever esse post porque em época de férias a incidência de viroses aumenta significativamente! A Maísa está com um pouco de diarreia e hoje ao preparar a comidinha dela fiquei pensando “será que algumas mães não têm dúvida do que a criança pode ou não pode comer?”
 
Então, de acordo com o que aprendi com a minha mãe e com o pediatra da Maísa, vou dividir com vocês algumas dicas... tá bom?
E isso vale para adultos também!
 
O que oferecer:
Arroz
Batata
Maisena (amido de milho)
Banana maçã
Água de coco
Goiaba
Bolacha de água e sal
Maçã sem casca

O que evitar:
Feijão/leguminosas
Frituras
Laticínios
Legumes e frutas (muita fibra, solta!)
Sucos (exceto de caju, que tranca)
Doces

Com certeza falta alguma coisa nessa lista mas, como falei, fiz ela baseada em experiências nossas e dos “antigos”. Quem tiver algo pra compartilhar e ajudar, fica a vontade!

12 de novembro de 2017

Pão de Queijo Tradicional

Oi gente!!
Uma receita deliciosa de Pão de Queijo caseirinho pra vocês!!
 

A medida do copo é copo americano tá bom?
Se for outro copo use o mesmo para todos os ingredientes.
Ingredientes:
  • 4 copos de polvilho azedo
  • 1 copo de leite integral
  • 1 copo de água
  • 3/4 de copo de óleo (qualquer um, uso girassol)
  • 1 colher de chá de sal (o sal também vai depender do sal do queijo, se quiser “asse” um pedacinho pequeno na frigideira só pra provar o sal)
  • 5 a 7 ovos, depende o tamanho deles
  • 2 copos de queijo meia cura ralado (em Primavera tem na Frutaria da Raquel)

Modo de fazer:

Ferver a água, leite, óleo e o sal, e escaldar o polvilho.
Mexer e deixar esfriar completamente, essa parte é super importante viu? (coloco em uma travessa para agilizar o processo).
Misturar o queijo e colocar os ovos um a um até dar o ponto de enrolar. Peça pra alguém ir colocando os ovos enquanto você mistura.
Fica uma massa tipo massinha de modelar tá bom? Brilhosa e não muito dura!
Asse em forno 200° até dourar (quando ele doura por baixo eu ligo o grill cinco minutinhos e está pronto).
Aí é só passar aquele café delicioso e reunir a família em volta da mesa!
Pode congelar a massa crua já enroladinha e assar congelada mesmo.

Beijinhos!!

Vaquinha Atolada Express

Oi gente!!
Essa é mais uma daquelas receitas que surgiram das coisas que eu tinha na geladeira e freezer, mas como ficou mega maravilhosa, eu não vou deixar de compartilhar com vocês!
 


Aqui temos costume de fazer muito churrasco, não só de fim de semana ou datas comemorativas... E sabendo que sempre aproveitamos carne para fazer carreteiro, Caio já assa a mais de propósito. Então, a reservinha no freezer é garantida. Aí na última vez ele congelou até a mandioca que sobrou! e não é que rendeu uma receita incrível além do tradicional carreteiro?
“Mas Paulinha não sou a louca do congelador, posso fazer com tudo cru?” Claro que pode!
Vai mudar pouca coisa, frita a carne e capricha nos temperos! Essa dai eu só coloquei sal porque carne de churrasco já é bem saborosa... E obviamente o tempo de cozimento da mandioca será bem maior.

Vai lá a receita do meu:
Refoguei a carne de churrasco com cebola e alho, como era picanha e já tinha gordura, eu nem coloquei nada pra refogar.
Depois acrescentei um tomate picado.
Eu tinha na geladeira legumes picadinhos e cozidos no vapor: chuchu, abobrinha, cenoura e couve. Como eles estavam meio firmes coloquei junto antes de fechar a panela!
Água, sal e fechei na pressão por 20 minutos.
Depois, acrescentei a mandioca cozida e fervi por mais uns cinco minutinhos.
É só! Ficou divino!!! A próxima vez que sobrar carne e mandioca você lembra dessa receita, e congelador pra que te quero!!
Beijos 

Strogonoff de Carne Moída

Um belo dia eu tinha TUDO para fazer Strogonoff menos o filé
Aí que aquela carne moída na geladeira me fez pensar: Por quê não?
E genteeeem, ficou uma delícia!!!
 


Ingredientes:
  • 1 colher de sopa de manteiga e 1 pouco de azeite
  • 500 g de carne moída (uso patinho)
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 dedos de um copo americano de conhaque
  • 2 colheres de sopa de molho inglês (pra quem gosta de fazer strogonoff, tenham esses dois em casa, gente... Faz toda a diferença!!)
  • 1 colher de chá cheia de ketchup
  • 1 colher de chá cheia de mostarda
  • 1 sachê ou pote de champignon (uso aqueles sachês menores)
  • 1 caixinha de creme de leite
  • Sal e orégano a gosto


Modo de fazer:

Aqueça a manteiga e o azeite e frite a carne mexendo bem até desmanchar bem as bolinhas. 
Acrescente a cebola, o alho e o sal. Em torno de meia colher de sopa, não exagere se necessário acerte no final).

Atenção para a hora de flambar 
Se não sentir segurança só coloque o conhaque, não flambe
Desligue o fogo, coloque a medida de conhaque no copo, derrame sobre a carne tentando cobrir bem tudo, não despeje num lugar só. Como a minha panela é alta, tive que fazer um paranauê: Coloquei conhaque na colher também, encostei na boca do fogão e com cuidado coloquei na carne. Se fizer em uma frigideira você deita a frigideira em direção à chama que flamba. CUIDADO, se nunca fez assista uns vídeos porque eu levei o maior cagaco a primeira vez que fiz 
Mas aprende que vale a pena
 
Carne flambada, adicione o molho inglês, mostarda e ketchup, misture bem. Nessa hora eu errei em não colocar um pouco de água, coloquei depois. Mas pode por um copo americano de água e deixe ferver!
Coloque o orégano (se quiser né, uma colher de sopa mais ou menos), o champignon, o creme de leite, deixe ferver um pouquinho, e tcharaaam!!
Tá pronto!
Quem fizer me conta o que achou :)

Frango com Molho de Nata e Cream Cheese

Era pra ser só um frango grelhado em tiras, mas o Caio estava desejoso de um frango mais cremoso, e como eu adoro cozinhar o que ele me pede, me aventurei!
 
E não é que ficou sensacional? Não vou saber oferecer substituições para os ingredientes porque improvisei com o que tinha em casa, tá bom? Mas acho que vocês têm que fazer assim mesmo, gente!
O frango grelhado quase sempre tempero assim, para 2 filés grandes:
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 limão
  • 1/2 colher de sopa de sal
  • 1 colher de café de pimenta do reino
  • Deixar marinando por pelo menos meia hora antes de grelhar
Modo de fazer:
Esquente a frigideira e a gordura de sua preferência. Espalhe as tirinhas de frango e não mexa enquanto não dourar, quando dourar vire e doure do outro lado.
Molho:
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • 1 cebola pequena picadinha
  • 1/2 pote de nata
  • 2 colheres de sopa de cream cheese
  • 1 pitada de sal
Modo de fazer:
Doure a cebola na manteiga, misture a nata e em seguida o cream cheese. Logo depois misture as tirinhas de frango grelhadas.
 
Eu já imagino mil possibilidades para esse molho! Bacon, filé mignon, vinho branco, mostarda...
Ainda vou criar muito em cima dele!! Próximo jantar de quarta como anfitriã vai demorar, mas ele que me aguarde!
Beijo gente!